HARMONIZAÇÃO OROFACIAL - MÓDULO 3 - FIOS DE SUSTENTAÇÃO E BIOESTIMULADORES

HARMONIZAÇÃO OROFACIAL - MÓDULO 3 - FIOS DE SUSTENTAÇÃO E BIOESTIMULADORES

Vagas 12 Carga Horária 20 HORAS AULA Periodicidade SEXTA 08:00 AS 12:00 / 13:30 AS 20:00 SÁBADO 08:00 AS 12:00 / 13:30 AS 18:00

CoordenaçãoCOORDENADOR:

Prof.Dr.Lucas Cavalieri
Residente e Especialista em CTBMF
Mestre e Doutor em CTBMF
Harmonização Orofacial
@dr.lucasmaxilofacial

ObjetivosNossos cursos são direcionados aos cirurgiões-dentistas que desejam aprofundar seus conhecimentos em harmonização orofacial, atualizar e complementar a prática clínica rotineira.
Os cursos são fornecidos em formatação modular, podendo aderir a um ou mais módulos, de acordo com o interesse de cada profissional. Cada módulo tem duração de 2 dias, incluindo períodos de conteúdo teórico e prático.

SOBRE HARMONIZAÇÃO OROFACIAL
O processo de envelhecimento facial, o qual acontece inevitavelmente, engloba o colapso em conjunto de todas as estruturas faciais – ossos, músculos, coxins adiposos, ligamentos e pele.
A qualidade e o tônus da pele são pontos a serem considerados ao se planejar intervenções estéticas na face. A busca contínua por um perfil facial mais harmônico, com melhora da textura da pele, tem motivado a população a procurar por procedimentos estéticos.
Uma infinidade de procedimentos invasivos e não invasivos foram introduzidos para reduzir os sinais de envelhecimento e restaurar a aparência jovem do rosto. Como cada um dos diferentes procedimentos é baseado na anatomia facial subjacente, o entendimento de sua composição tridimensional e conceito em camadas é crucial para aplicações seguras, naturais e duradouras.
Os preenchimentos dérmicos têm sido utilizados para preencher rugas e aumentar e atenuar o volume dos tecidos devido ao envelhecimento da pele. Através da avaliação minuciosa do grau de envelhecimento facial do paciente, pode-se planejar procedimentos que auxiliem na retomada de um aspecto mais jovial, menos cansado, e escolher adequadamente qual produto escolher para mimetização dos contornos perdidos e a diminuição de todo o colapso facial provocado pelo envelhecimento.
Harmonização facial é definida, portanto, como o conjunto de procedimentos faciais que visam deixar a face mais harmônica, equilibrada e rejuvenescida, potencializando a beleza individual e permitindo resgate de autoestima e confiança dos pacientes. Através da análise facial precisa e do planejamento individualizado e bem executado, aperfeiçoam-se as proporções, adquire-se simetria e promove-se definição e projeção das estruturas e seus contornos, otimizando resultados.
O profissional capacitado em harmonização orofacial possui conhecimento anatômico profundo da face e suas estruturas, é capaz de realizar análise facial criteriosa, de selecionar os materiais adequados de acordo com suas indicações relevantes, de aplicar as técnicas propostas de forma segura, de manejar clinicamente possíveis intercorrências e de discutir com o paciente de forma a ajustar suas expectativas à realidade, garantindo resultados satisfatórios, bem-sucedidos e previsíveis.
O sucesso dos procedimentos em harmonização facial está intimamente relacionado à correta indicação dos produtos, a aplicação destes produtos em planos e locais corretos, o diagnóstico correto das condições da face e da saúde sistêmica daquele paciente.

ConteúdoSOBRE O CURSO
Este curso foi desenvolvido especialmente para que o aluno adquira experiência no uso de fios de sustentação, uso de bioestimuladores de colágeno e uso de agregados plaquetários, devolvendo estética facial e tônus à pele.
Os fios faciais de sustentação são utilizados com fim de rejuvenescimento facial, pois promovem “facelift”, visando levantar a pele flácida sem a necessidade de cirurgia e possibilitando redesenhar os traços e contornos faciais do paciente, sendo associados ou não ao uso de bioestimuladores e terapias cutâneas.
Os Bioestimuladores de colágeno, incluindo o Ácido L-poliláctico (PLLA), a Hidroxiapatita de cálcio (CaHa) e a Policaprolactona (PCL), vem com o propósito de restaurar as estruturas da face em várias camadas, criando um ambiente favorável para a produção natural de colágeno, além de promover melhora de toda a espessura da derme, volumizando e suavizando os sinais das marcas de expressão ou ptose do tecido cutâneo.
O uso de agregados plaquetários, em especial o PRF (Fibrina rica em plaquetas ou fibrina leucoplaquetária autóloga), têm apresentado bons resultados no que diz respeito ao estímulo de regeneração e reparo tecidual, além de hidratação cutânea, melhora do viço da pele e estimulação de colágeno. A fibrina em fase líquida é usada a fresco, através de microagulhamento ou preenchimento local.
As técnicas empregadas visam redução da flacidez da pele, suavização das linhas de expressão e melhora do contorno facial, promovendo naturalidade aos terços da face.
Independente da estratégia usada, é preciso estar ciente da complexa anatomia facial e da contribuição de cada estrutura para o rosto envelhecido, a fim de orientar a terapia rejuvenescedora mais apropriada para o paciente. Cada local de aplicação ou tratamento proposto exige conhecimento técnico adequado, tanto para escolha do material ideal quanto para a aplicação técnica dos produtos, respeitando a anatomia local.
Com foco em resultados seguros e previsíveis, iremos discutir os protocolos necessários para o sucesso no emprego destas técnicas, por meio de teoria embasada em evidências científicas e de prática em atendimento clínico dos pacientes, consolidando o aprendizado.
Nossa equipe é composta por profissionais capacitados e instruídos no que há de mais moderno em relação à harmonização orofacial. Buscamos criar um ambiente de aprendizagem no qual o aluno sinta-se amparado e confiante para realizar as técnicas propostas durante o curso, além de estar acompanhado pelos professores durante os procedimentos práticos.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
ANATOMIA DA FACE
- Revisão da anatomia – vascularização, inervação, musculatura da mastigação e da mímica facial
- Revisão de anestesiologia – anestesia aplicada à face
- Áreas de risco
- Padrão de beleza e juventude
- Compartimentos de gordura superficiais e profundos
- Fisiologia da pele
- Processo de cicatrização
- Envelhecimento cutâneo – rugas e flacidez
- Envelhecimento da região perioral
- Prevenção de rugas periorais

FIOS DE SUSTENTAÇÃO
- Histórico
- Indicações e aplicação nas diferentes regiões faciais
- Formas de apresentação - Fios de PDO (polidioxanona) e Fios poliláticos
- Marcas comerciais

BIOESTIMULADORES DE COLÁGENO
- Histórico
- Fundamentos do uso
- Indicações e aplicação nas diferentes regiões faciais
- Forma de apresentação, reconstituição / diluição do produto para uso facial (PLLA, PLC e microesferas de Hidroxiapatita de cálcio)
- Utilização de microcânulas
- Diferença entre os produtos
- Volumização de malar e contorno mandibular com bioestimuladores
- Rejuvenescimento facial e suporte muscular

AGREGADOS PLAQUETÁRIOS
- Histórico
- Indicações e aplicações
- Obtenção do I-PRF (fase líquida)
- Microagulhamento e Aplicação local

ANÁLISE FACIAL, PLANEJAMENTO E EXECUÇÃO
- Documentação de casos – treinamento de fotografias
- Análise facial
- Análise do perfil facial
- Diagnóstico e Planejamento clínico
- Indicações e contra-indicações em harmonização
- Uso de ultrassonografia na HOF
- Passo a passo clínico – por onde começar?
- Antissepsia
- Analgesia
- Cuidados pós-procedimento
- Prevenção de intercorrências
- Diagnóstico precoce de intercorrências
- Manejo de efeitos adversos, acidentes e complicações (manejo sobre tecidos necrosados, infecções maxilo-faciais)
- Consentimento informado e aspectos legais

Corpo DocentePROF.DR.CHRISTIAN MACEDO

PROFª.DRA GIULIA BRANCHER

PROFª.DRA. GABRIELA PEDROSO


Duração: SETEMBRO/2020
Periodicidade: SEXTA 08:00 AS 12:00 / 13:30 AS 20:00 SÁBADO 08:00 AS 12:00 / 13:30 AS 18:00
Investimento: 5X R$540,00 - BOLETO BANCÁRIO/CARTÃO DE CRÉDITO/CHEQUE PESSOAL